20 de ago de 2012

E que a semana comece...


Tenho um livro da Martha Medeiros do qual nem lembrava mais... Tinha deixado ele por bastante tempo com uma amiga muito querida porque ela me disse que de vez em quando gostava de pegá-lo para ler algo aleatoriamente... Digo aleatoriamente porque o livro Coisas da Vida (Crônicas), da Martha, pode ser lido assim: de trás pra frente, de frente pra trás, abrindo uma página ao acaso ou buscando cada crônica por seu próprio título...
Essa minha amiga, aliás, é uma pessoa que admiro muito - nos conhecemos na quarta série do colégio (isso mesmo, aos 9 anos)... Lembro até hoje da mochilinha xadrez do Snoopy que ela usava e ela lembra de eu tê-la pedido em amizade, hehe – acho que continuo fazendo isso até hoje...
Quase 25 anos depois, ainda somos amigas e essa amizade é um verdadeiro presente... O nome dela é Taty e eu vivo dizendo (pra própria inclusive) que ela é uma dessas “super mulheres”: mãe, esposa, dona de casa, amiga, publicitária... Mas o que mais admiro nela, talvez seja o fato de que ela tornou-se tudo isso mantendo a doçura e o lado sonhador, sabendo parar quando foi preciso parar e retomando a vida profissional agora, com medo e coragem – como diz minha amiga Eliete, do Giro de Idéias, é preciso sentir medo para se ter coragem...
E é essa pessoa que descrevi aí em cima que, como todas nós, de vez em quando precisa dar uma folheada na Martha Medeiros para relaxar, recuperar o fôlego e continuar a caminhada... Aliás, acho que todas nós podemos nos “reabastecer” tanto com a Martha quanto com palavras doces e amigas de pessoas que gostamos e admiramos... Um bom elogio, um abraço, uma boa crônica, tudo isso ajuda a recarregarmos as baterias, concordam??? Então lá vai um trecho de uma crônica da Martha para todas vocês: leitoras, mães, trabalhadoras, estudantes (agora sou uma de novo, hehe), donas de casa, amigas... Mulheres que tornam o mundo mais colorido e charmoso... Boa semana genteeeeeeee...

“É lá no fundo que estão as razões verdadeiras que levam as pessoas a mudar ou a manter as coisas como estão. É lá no fundo que os desejos e as necessidades se confrontam. Em vez de se queixar, ganharíamos mais se nadássemos até lá embaixo para trazer a verdade à tona. E, então, deixar de sofrer...”

Como eu já disse no post de quinta-feira passada (leia aqui), é preciso parar, observar, respirar e, quando necessário, recomeçar, mesmo que com medo - porque se existe medo vai existir coragem também, impulsionada por ele...

Eu, Taty e Noah (só faltou a fofa da Serena, que tava no carrinho nanando, hehe)

9 comentários:

  1. Ly,
    Que foto linda, tá gatona hein mulher!Adorei.
    E seu post está ótimo. É isso precisamos dessas coisinhas que tornam e dão sentido a nossa vida!
    Um beijo e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fê!!! As palavras do teu blog valem como abraço, como elogio e carinho!!! Beijooo

      Excluir
  2. Que carinho gostoso, daqueles que fazem a gente lembrar que a vida vale à pena...parabéns pela postagem e pelo cultivo desta bela amizade! com certeza vocês são especiais...beijos e uma boa semana!

    ResponderExcluir
  3. Com certeza tu també, és muito muito muito especial Cláudia... Beijãooo flor

    ResponderExcluir
  4. Minha grande e querida amiga,

    Obrigada pela homenagem! Não preciso nem dizer que estou em lágrimas, né?! Amei!!! Lindo o post, linda a mensagem, linda a lembrança. Você também representa uma dessas "mulheres-referência"para mim, desde os 9 anos de idade - a propósito: não temos mais 24 anos amiga, ou seja, lá se vão 23 anos de amizade e não 15 como você citou. Mas tudo bem, não importa, tá mais do que provado que a nossa amizade supera qualquer coisa.

    Beijos e amo vc!!!
    Taty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já arrumei, hehe... Era para ser quase 25 anos... Beijãooo amore

      Excluir
  5. Ai Aliony, tudo isso me tocou muito, primeiro pelo fato de eu amar a Martha Medeiros e segundo por admirar pessoas que - talvez seja o fato de que ela tornou-se tudo isso mantendo a doçura e o lado sonhador, como admiro gente assim que mantem a doçura hoje a arrogância impera né!
    Adorei, beijos em vc e na Taty.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooo minha flor, obrigada pelo carinho!!!

      Excluir
  6. Ai, meu Deus!!! Que emoção!!!! Já são 16:00h?!.....rsrsrsrsrsr
    Beijos....saudades de vc!!!

    ResponderExcluir