28 de mar de 2012

Olá

Olá pessoal!!! Tudo bem???
Então, hoje estou passando aqui por dois motivos:

Primeiro:
Depois de terminar O Palácio de Inverno - sobre o qual escrevi num post anterior a esse e é simplesmente um dos melhores livros que li na vida -, comecei uma nova leitura... O romance da vez é Ame o que é seu, da escritora Emily Giffin, autora também de Questões do Coração, sobre o qual já falei aqui... E, assim que terminar a história, venho correndo contar o que achei, combinado???
Combinado!!! (já respondo por vocês, hehe)



Segundo:
Já comentei com vocês sobre o blog da minha amigona Marília, que fala de moda, cultura, decoração, viagens, receitas, truques de beleza, entre outras coisas muito bacanas... Ela até fez um 3x4 comigo, com perguntas sobre livros e sobre moda, e eu inclusive postei o link para vocês conferirem... Pois é, acontece que, no próximo mês, a Marildis (meu apelido carinhoso para minha amiga) estará comemorando o primeiro aniversário do blog e quem vai ter a chance de ganhar o presente serão os leitores... Como assim??? Em comemoração a esta data, ela irá sortear uma linda “clutch”, e para vocês concorrerem basta clicar no link abaixo e participar da promoção, que é bem tranqüila... Vamos lá minha gente, inscrevam-se!!!

26 de mar de 2012

O Palácio de Inverno



Estava louca para vir escrever sobre esse romance muitos antes de tê-lo terminado... Mas esperei, esperei até chegar à última página dele, à última palavra... E agora aqui estou, sem palavras, ou pelo menos, sem encontrar aquelas que darão conta de expressar o que li e senti, que é quase indescritível...

O Palácio de Inverno é um daqueles livros cuja história continua na nossa cabeça mesmo ao fim de sua leitura (na minha está até agora)... Seus personagens são tão fortes, tão vivos, que somos capazes de nos sensibilizar com todas as suas emoções, sentindo suas angústias e tristezas, revivendo suas lembranças, pensando em seus destinos, testemunhando seu amor... É como se eu os conhecesse... Tanto que, antes mesmo dos parágrafos finais, eu já havia começado a chorar... E chorei por um bom tempo...

O protagonista do livro, Geórgui Jachmenev, é fictício (e maravilhoso), mas alguns personagens e acontecimentos históricos são bem reais: o último Czar da Rússia - Nicolau II, Rasputin, Winston Churchill, a Primeira e a Segunda Guerra Mundial, a Revolução Bolchevique... Jachmenev não só presencia esses eventos como convive em meio a essas figuras reais, o que torna tudo ainda mais interessante...

Uma história de amor que, em meio a muitas perdas, aos horrores da guerra, a lembranças e segredos que precisavam ser esquecidos, conseguiu se manter com toda a sua intensidade e encanto, tornando-se cada vez mais forte e inesquecível!!!

“...Numa narrativa fascinante, em que presente e passado vão convergindo em capítulos alternados, da Inglaterra dos anos Thatcher para a época dos czares russos, e dos anos difíceis da Segunda Guerra Mundial para o turbilhão da Revolução Bolchevique, acompanhamos Geórgui em meio a acontecimentos históricos decisivos que acabam por se revelar mero pano de fundo para uma história de amor que esconde um grande mistério, talvez maior mesmo que a própria história...”

Um dos melhores livros que li na minha vida... Quando me perguntarem, aliás, ele vai ser sempre citado como um dos meus preferidos, sem pensar duas vezes... Leiam minha gente, do fundo do meu coração: LEIAM!!! Porque é simplesmente uma história muito especial!!! Boa semana a todos vocês, muito amor e muita luz!!!

22 de mar de 2012

Uma pequena história

Trabalho com meu marido numa cidade vizinha a que moramos... Moramos em Tubarão, trabalhamos em Armazém (ambas em SC, pra quem não conhece)... Ele é Dentista, eu, secretária dele... Sou formada em Psicologia, estudei Psicanálise, mas já não clinico há alguns anos... Psicóloga vou ser sempre, é o que costumo dizer para minhas amigas... Porque, se existe uma coisa que ninguém nos tira, é o conhecimento... E é pra falar sobre isso que estou hoje aqui...

Todo mundo pode ter acesso ao conhecimento, sem custo algum, ou gastando muito pouco... Existe a internet - para pesquisarmos sobre o que quisermos -, existem os sebos – com várias opções de leituras a preços camaradas -, existem cinemas que custam a metade do preço em dias de semana, existem as locadoras de DVDs e suas promoções, isso sem falar que muitas pessoas sabem também baixar filmes, seriados e os mais variados conteúdos da nossa amiga internet... Até livro dá para ler no computador, eu, particularmente, não gosto, mas que dá, isso dá... Ahhh... Existem ainda as bibliotecas, de colégios e universidades, existem os livros para pedirmos emprestado - alguns na estante da casa da vovó ou da tia, outros dos amigos mais chegados mesmo... Enfim, querer é poder e aprender também é assim...

Armazém é uma cidade com sete mil habitantes... Um lugar que adoro - tranqüilo, com um por do sol lindo, com pessoas simpáticas e atenciosas e com a padaria que tem o melhor bolo de chocolate do sul do mundo (como diz o Davi, meu marido, hehe)... Sem contar que é aqui no consultório (onde, aliás, estou agora), que consigo um tempinho para ler e escrever... Muita gente aqui da cidade até já conhece o blog e algumas meninas costumam acessá-lo... Para algumas, inclusive, já emprestei meus livros... O Davi também diz que eu faço amizade fácil com esse povo adolescente, vai ver é porque sou Psicóloga e sempre gostei de atender adolescentes...

Então, foi aqui em Armazém, num dia desses, que uma cena me chamou a atenção e me levou a vir escrever... Eu havia prometido dois romances da série da Becky Bloom para uma paciente do Davi (ela já tinha lido os dois primeiros muito rápido)... Aí, no dia combinado, ela pediu para o sobrinho vir buscar... O menininho era um fofo que disse: “vim buscar uns livros pra minha tia...” Como ele estava de bicicleta perguntei se queria uma sacola, no que ele respondeu que sim... Coloquei os exemplares numa sacola de supermercado e entreguei para o menino que lá se foi, todo faceiro, dirigindo a sua bicicletinha e sacudindo a sacolinha com os livros... Devia ter uns oito anos...

Essa imagem ficou na minha cabeça porque ela valeu mais que mil palavras e foi um incentivo também para o blog... Um incentivo para eu continuar escrevendo porque alguém sempre se interessará pelo que a gente tem a dizer... Incentivar a leitura é incentivar um mundo novo... É estimular o conhecimento que, sem dúvida alguma, não tem preço (às vezes literalmente), e pode mudar o mundo e nossa maneira de se relacionar com ele... Pensem nisso... Cada um de nós pode fazer diferença, por menor que ela pareça ser... Cada um de nós pode escolher ver a vida com a simplicidade que a torna mais feliz e colorida... Beijãooo meu povo!!! Simplicidade, felicidade e conhecimento para todos nós!!!!


20 de mar de 2012

3x4



Olá minha gente!!! Hoje só estou dando uma passadinha aqui para contar que, minha amiga Marília, do blog Marília D’Aláscio, fez um 3x4 comigo sobre livros e moda... Quem quiser pode ir lá conferir o post (vou colocar o link ali embaixo) e já conhecer o blog dela também, que é muito legal e tem várias dicas não só sobre moda, mas sobre decoração, viagens, receitas, truques de beleza... Aliás, eu sou bem suspeita para falar, já que a Marília é uma amiga muito especial... Boa terça-feira pessoal!!! Muita luz e harmonia!!! E mais uma vez: obrigada Marildis, adorei o 3x4!!!

19 de mar de 2012

É Agora... ou Nunca

Saudade da Marian Keys pessoal??? Essa inteligente, divertida e apaixonante escritora irlandesa??? Autora de livros que misturam humor, amor e as desventuras do universo feminino??? Pois é, fazia tempo que eu não escrevia sobre ela, a última vez foi em outubro do ano passado (falei sobre Los Angeles), e em janeiro desse ano, onde vim apenas comentar sobre seu novo romance lançado no Brasil – A Estrela Mais Brilhante do Céu (próximo da minha lista de aquisições).

Pois então... É Agora ou Nunca foi o quarto livro da escritora publicado no Brasil, e é a história da Katherine, da Tara e do Fintan... Três amigos que moram em Londres e, desde a infância, partilham dessa grande amizade - apesar dos três serem completamente diferentes... E como na vida, mesmo quando as pessoas não estão a fim de grandes mudanças, elas podem se surpreender com o que pode acontecer, nesse romance, o destino poderá aplicar uma boa peça nesses personagens... Mas quem disse que essas mudanças inesperadas não podem trazer felicidade, ou, quem disse que, mais lá na frente, as pessoas não se dêem conta de que não havia como as coisas não acontecerem da maneira como aconteceram??? Capitaram??? Hehe...

Uma leitura leve, divertida e com uma boa dose de realidade, como todas as histórias que a Marian Keys conta, bem do jeitinho dela... Um bom início de semana minha gente!!!!


15 de mar de 2012

Nova Leitura

Finalmente, comecei uma nova leitura minha gente...
Munida de uma garrafa d’água e de um tablete de balas frutella de morango (sim, aquela bem doce, que chega a grudar nos dentes, adoro, hehe,), voltei ontem para o doce (pra combinar com as balas) e mágico universo da literatura...
Comecei minha mais recente viagem em Londres, mas devo ir à Rússia logo logo, já que é lá que também se passa boa parte da narrativa... Ahhh, não se esquecendo de que vou passar por Paris, claro... Alguém esquece Paris??? E não é loucura minha não pessoal, a imaginação que as páginas de um livro nos possibilita é capaz de nos levar aonde quisermos...
E, o livro da vez é O Palácio de Inverno, do John Boyne, autor que também escreveu O Menino do Pijama Listrado, sobre o qual já comentei aqui no blog. O Palácio de Inverno é um romance histórico, que fala, em meio a sua narrativa, sobre acontecimentos importantes e decisivos na história da Rússia... E eu tenho gostado muito de saber mais coisas sobre a Rússia desde que li Cidade de Ladrões, do David Benioff, do qual já escrevi também, e é um dos livros mais tocantes (e tristes) que li até hoje... Aliás, sinto que O Palácio de Inverno será um desses romances emocionantes e inesquecíveis... Então, não querem ler, para depois trocarmos figurinhas????

Aproveitando a ocasião, e o fato de que amanhã estarei sem internet, já quero desejar UM FIM DE SEMANA MARAVILHOSO PRA TODOS VOCÊS... Aproveitem, descansem e sejam felizes, aqui e agora, esse é o momento...


13 de mar de 2012

Bem estar



Olá minha gente!!!! Mais uma semana começou... E que tal se resolvermos fazer dela uma semana diferente e especial??? Bom, pra isso não serão necessárias grandes resoluções, fiquem calmos, mas talvez algumas pequenas e singelas atitudes com o poder de transformar nosso coração e o ambiente ao nosso redor... Vamos tentar???

Vivenciar momentos de bem estar num dia a dia corrido e cheio de funções todo mundo já sabe que não é muito fácil... Chega um momento em que as pessoas ligam o botão “automático”, e não mais conseguem se ver tirando alguns minutos para meditar e relaxar, para prestar atenção à natureza ao seu redor - seja a uma árvore que floresceu no jardim ou a um por do sol que apareceu cheio de cores... E é justamente nessas horas minha gente, que mais precisamos dar um jeito, por mais capenga que seja (melhor que não seja), de inspirar bem fundo, soltar o ar devagar e se concentrar na frase: preciso me acalmar e descansar... Precisamos mesmo!!!

E não desista!!! Podemos começar com uma pequena oração, tanto para agradecer por mais um dia, quanto para pedir proteção para mais um dia importante na família e no trabalho. Uma vez li um texto do Sai Baba, um líder espiritual indiano, que dizia que meditar é estar em constante estado de oração, é sentir a companhia constante da luz de Deus em nossa vida... Pense nisso...

Outra coisa: a gente pode ascender um incenso, uma velinha perfumada, pode também pingar umas gotas de óleo essencial nas mãos e inspirar aquele cheiro leve e agradável assim que chegar em casa... Mas para entender melhor isso, quem pode explicar muito bem os detalhes é a Cláudia, do blog claudiaroma, um lugar maravilhoso com informações sobre aromaterapia, quem não conhece vai amar...

Abracem minha gente... Abracem mãe, pai, marido, filhos e amigos... Diga para as pessoas que você ama o quanto elas são especiais pra você... É bom falar e bom demais ouvir...

Pensem em seus sonhos, no que vocês ainda querem fazer na vida, no que querem mudar, no que esperam melhorar, no que deixaram de lado um pouco, mas que continua sendo importante concluir... Reflitam!!!

E agradeçam sempre, todos os dias, cada momento... Porque a vida minha gente, é uma só e melhor presente não há!!!



BOA SEMANA E BONS MOMENTOS DE BEM ESTAR PRA TODOS!!!
Beijo especial para Lora, Cláudia, Eliete e Danúbia!!!

9 de mar de 2012

Tamanho Não Importa

Um excelente fim de semana minha gente!!! Muita paz e harmonia!!!
Então, esse texto que vocês estão lendo agora já está escrito desde sexta-feira, contudo, o que vocês ainda não sabem, é que essa já é a segunda vez que escrevo sobre o livro Tamanho Não Importa. Como assim???

Bom, pra começar, Tamanho Não Importa é o terceiro título de uma série de três livros da escritora Meg Cabot, que fala sobre a personagem Heather Wells e suas aventuras amorosas e investigativas. Os outros dois primeiros são: Tamanho 42 Não é Gorda e Tamanho 44 Também Não é Gorda. Pois é, e logo antes de terminar a leitura de Tamanho Não Importa, eu já havia escrito um “rascunho” onde dizia que não era necessário ler as três obras na seqüência, já que, apesar delas terem os mesmos personagens, as histórias eram independentes entre si. Acontece que elas até podem fazer sentido por si só, cada uma a seu modo... Mas depois que cheguei ao final da leitura desse terceiro livro, cheguei a conclusão de que toda a graça da história, está em desvendar cada coisa no seu tempo, acompanhando o amadurecimento de cada personagem, entendendo o desfecho de cada caso - investigativo e amoroso – e, finalmente, torcendo pelo final feliz... Por esse motivo meu povo, ao invés de falar para vocês lerem só Tamanho Não Importa, sugiro que leiam todas as três obras.



Agora, falando um pouco da narrativa em si... Como eu já havia comentado antes, essa mistura de romance, suspense e trapalhadas amorosas é um prato cheio para lermos, viajarmos e relaxarmos... É como eu vivo dizendo para minhas amigas (se inclua nessa Bibis – esse post é pra senhora): no meu ver, parece muito mais fácil começar a tomar o gosto pela leitura a partir desse tipo de romance, com histórias que são leves, apaixonantes, atuais e engraçadas... Logo, tanto Tamanho Não Importa quanto os outros dois da série, se enquadram perfeitamente nesses critérios... São narrativas gostosas de ler, que prendem nossa atenção, que nos divertem e provocam boas risadas, do começo ao fim... Aliás, eu adoro esses livros em que a gente vai lendo e rindo o tempo todo (parecendo até meio louca sabem??? hehe)... Ahhh, e tudo isso ambientado numa charmosa Nova York e num clima bem de universidade... Olha, é muito bom mesmo pessoal!!! Amei!!!!

 

8 de mar de 2012

Mulheres

Como não vir aqui escrever sobre a data de hoje???

Então - meninas, moçoilas, senhoras, senhoritas, MULHERES - como já dizia minha amada mãe: o dia da mulher e o dia das mães é todo dia!!! Pois é, ela tinha razão – e quando é que mãe não tem razão minha gente??? Começando pela tal história de levar o guarda-chuva porque vai chover, lembram??? hehe, eu bem me lembro... Todo dia, realmente é “o”dia, de comemorarmos o fato de pessoas tão especiais estarem sempre ao nosso lado, nos amando, nos criando, nos educando, nos protegendo, nos dando o seu melhor, ajudando a revelar o nosso melhor...

Acontece pessoal, que eu, essa pessoa que vos fala toda semana, acredita que o 08 de março, tem um algo a mais... E falo mais, pra mim, o 08 de março é uma data que tem como missão, não só CELEBRAR todas as conquistas de nós mulheres, seres tão iluminados, tão sensíveis e tão cheios de graça e vida... O Dia da Mulher também deveria ter como objetivo, indagar a respeito das questões mais complicadas e opressoras que o sexo feminino ainda enfrenta e vive... Questões relacionadas ao machismo, à violência doméstica, ao racismo, à desigualdade de direitos trabalhistas, à exploração sexual, entre outras coisas... Fatos que podem não fazer parte da sua realidade imediata ou da minha, mas que existem e fazem sofrer diversas mulheres. Que possamos pensar nisso também minha gente...

Pois é, mas eu vim aqui também, especialmente, para PARABENIZAR todas vocês pelo seu dia e dizer que somos todas nós que o tornamos tão importante... E quero também prestar minha HOMENAGEM a todas àquelas heroínas que tiveram de enfrentar e superar os mais diversos preconceitos, que precisaram estar a frente de seu tempo, para que hoje pudéssemos desfrutar de um dia tão mais justo e feminino... É isso aí garotas, FELIZ DIA DA MULHER!!! FELIZ TODO DIA!!! Felicidade é o que queremos o que merecemos e o que teremos, sempre, se Deus quiser...


6 de mar de 2012

O Discurso do Rei


Olááá minha gente!!! Um início de semana MARAVILHOSO pra todos vocês!!! Que tal começarmos a semana tentando realizar nossos afazeres com toda a paciência e dedicação, vivendo nosso dia a dia com muita calma e determinação – permitindo-nos aproveitar também os momentos de descanso e relaxamento - possibilitando assim, uma semana mais leve e feliz, mais cheia de harmonia??? Vamos lá???

Então, ontem assisti O Discurso do Rei e, antes mesmo do filme terminar, já tinha certeza de que era sobre ele que eu falaria hoje... O Discurso do Rei é simplesmente excelente!!! O roteiro, a fotografia, o figurino, a direção, os atores, enfim, todos os detalhes são impecáveis... E, apesar de ter levado um bom tempo para assisti-lo, desde sua indicação ao Oscar no ano passado, só pude chegar a conclusão de que o prêmio de melhor ator foi merecidamente entregue nas mãos de Colin Firth.


Colin Firth é um ator britânico que eu conheci através do filme O Diário de Bridget Jones (inspirado no romance de mesmo nome, como muita gente já deve saber, e considerado um clássicos da “literatura mulherzinha”), mas ele ganhou fama foi através da série de televisão Orgulho e Preconceito (baseada na obra de nossa maravilhosa escritora Jane Austen), na qual interpretava o charmoso personagem Mr. Darcy. O ator também já havia sido indicado ao Oscar por sua atuação em A Single Man - no Brasil, Direito de Amar - filme dirigido pelo estilista Tom Ford (e que também quero muito assistir).

Em O Discurso do Rei, conhecemos mais do que a história do Rei George VI (pai da Rainha Elizabeth II), seu nervosismo, sua gagueira e sua ascensão ao trono da Inglaterra. Pra mim, o que chamou a atenção no filme foi a maneira que questões como superação e amizade foram retratadas. A superação não só de uma gagueira, mas de toda uma gama de acontecimentos por trás dela, como uma infância cheia de ansiedade e a superação de um adulto nervoso e inseguro, com lembranças a rever e enfrentar, mas que ainda assim descobriu a coragem de tentar e mudar. A amizade entre um membro da Monarquia, com toda a sua pompa e decoro e um terapeuta inteligente, engraçado e determinado. Uma amizade incomum, mas verdadeira...

Olha minha gente, uma boa história, com um conteúdo (bem) psicológico a ser avaliado por quem quiser (que tal Psicólogas???) e ambientado na charmosa Inglaterra, lugar que ainda conhecerei numa viagem que vai se dar para além das páginas dos livros, acompanhada pelo meu maridão... Estou esperando hein Davi??? Hehe... Até mais “gentem”...





2 de mar de 2012

Bem Estar

Olá minha gente!!!!
Então, ontem, dando uma navegada pelo blog da Jú, Escritos Reunidos, lembrei que já tem um tempo que não posto um texto sobre o Desafio Bem Estar aqui no Ler e Amar (até rimou, hehe). Para quem ainda não conhece o Desafio, posso explicar rapidamente no que ele consiste (ou você pode clicar na imagem abaixo e ver a proposta que a Jú fez lá no blog dela há alguns meses atrás).


O Desafio 15 Minutos Todo Dia consiste em tirarmos 15 preciosos minutinhos do nosso dia para nos dedicarmos a alguma atividade que nos traga prazer e bem estar... Como assim??? Bom, no atual momento de nossas vidas corridas, onde os afazeres pessoais e domésticos, juntamente com o trabalho e as demais atividades, tomam praticamente todo nosso tempo, esses 15 minutos que podemos nos propor a tirar são muito valiosos... E cada um pode aproveitar da maneira que achar melhor... Praticando uma atividade ao ar livre, fazendo uma oração, lendo um livro, fazendo yoga, meditando... Enfim, são diversas as opções... Basta você escolher algo ou alguma coisa que possa trazer um pouco mais de leveza e poesia para sua vida... Vamos tentar???

Se de alguma maneira ajudar, posso citar, algumas das coisas que costumo fazer para ter mais qualidade de vida e bem estar (mesmo que vocês não quisessem eu ia falar, hehehe, brincadeirinha):


Graças a Deus minhas aulas de Yoga voltaram... Depois de uma temporada na Índia, minha professora Santana, que é praticamente uma guru espiritual, voltou com força total (outra rima, o que é isso???)... A meditação, o alongamento e o relaxamento nas aulas, aliados a uma música leve e doce de fundo mais um cheirinho bem gostoso de incenso, conseguem recarregar as baterias de qualquer ser humano... Simplesmente MARAVILHOSO!!!


Outra coisa muito importante pra mim é a Oração... Passar o dia sabendo que você está protegido e abençoado torna a vida mais cheia de luz e esperança...


Ler... Gente essa é indescritivelmente uma das atividades mais relaxantes e gratificantes que existem... Sem comentários!!!


Passear - perto ou longe - Dando uma simples caminhada ou visitando amigos em outra cidade... Seja qual for o passeio, vale a pena...


E agora o mais importante de tudo: AMAR!!!
Amar a vida, as pessoas... Enxergar o melhor que habita em cada um... Enxergar o colorido das coisas ao seu redor... Aliás, quero fazer um parêntese aqui, para agradecer ao meu companheiro de jornada: Davi, obrigada por tornar a minha vida tão especial, tão cheia de amor e cores...
E é isso aí meu povo... Sejam felizes e tenham um excelente final de semana!!!!