15 de ago de 2011

Romances Indianos

Os romances orientais são romances diferentes... Além de todo o conteúdo das obras já conhecidas a nós – amores, dramas, paixões, superações, encontros, separações – eles têm uma sensibilidade diferente... São narrativas singelas, simples às vezes, mas que conseguem dar, a cada capítulo, um significado muito especial...
Os livros indianos em especial - ou, mesmo as obras cujo escritor, apesar de não ser indiano, usa a Índia como cenário - estão carregados de delicadeza e beleza... Todos eles descrevem com muita clareza as cores, os cheiros e sensações que este gigante país desperta em seus visitantes.
Olha meu povo, eu, particularmente, tenho o sonho de passar quarenta dias na Índia quando completar quarenta anos... E aí vocês se perguntam o por quê. Bom, acho que é uma idade simbólica onde, provavelmente (e eu ressalto esse provavelmente, afinal não se tem completa certeza de nada, hehe), estamos mais maduros... Onde talvez possamos conseguir prestar mais atenção a tudo, com calma, tentando enxergar as coisas de forma mais clara, leve e colorida... Eu já venho tentando fazer isso (nem sempre se consegue, normal, não se desesperem, hehe) e talvez seja justamente por isso que pratique Yoga (e ame).
Minha professora de Yoga, a Santana, é uma pessoa extraordinária, que tem um enorme conhecimento da Índia e da vida e, o melhor, não se cansa nunca de dividir toda a sua sabedoria com seus alunos e amigos... Por conta de tudo isso, resolvi perguntar o que ela acha que os romances indianos conseguem nos passar sobre a Índia (ela já esteve lá diversas vezes), que tipo de sentimentos e sensações eles conseguem reproduzir em sua escrita...
Ela me disse que: “a sensibilidade indiana bem como a descrição do mundo indiano em suas cores, cheiros, vivacidade e espiritualidade, correspondem e muito com o que é real. Porém, na opinião dela, alguns desses romances poderiam ser um pouquinho menos tristes sem perder sua originalidade e seus aspectos mais reais, tornando então as narrativas mais leves e menos épicas (palavras dela)...”
Eu adoro conversar com a Santana e ouvir um pouco de toda essa complexidade e beleza de uma cultura que é tão forte.
E, agora que já fiz toda essa introdução (gigante aliás, hehe), queria dizer também que existem muitas histórias indianas para serem lidas e conhecidas... Pretendo falar aqui sobre todas as que já li (não de uma vez só, claro, senão perderia a graça né?)... E, antes de cada post sobre um romance indiano vou colocar a palavra ÍNDIA (assim, em garrafais) para vocês já identificarem a natureza do texto, combinado???
Amanhã falarei de POR AMOR À ÍNDIA... Preparem seus corações!!!
BOM INÍCIO DE SEMANA A TODOS PESSOAL!!!

4 comentários:

  1. O linda.. Tu sabes que eu também estive na India e falei muito sobre amor por lá... Acho que eles veem amor de uma forma diferente da gente, pura e muitas vezes inatingível, impossível. O amor para eles é tudo, mas é sinal também de sofrimento de renuncia, muitas vezes de morte. O amor é o sonho que todos tem no coração e que poucos ainda o realizam...
    E sobre seus quarenta anos, sábia decisão!
    Sarah Milca

    ResponderExcluir
  2. Oiiii Sarah!!!! Adorei o comentário!!! Obrigada pelas suas palavras... Nada melhor do que ouvir sobre a Índia de alguém que já esteve lá... Quem sabe nos meus 40 anos vamos juntas e com a Santana também, hehe... Até segunda!!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi linda...eu nunca estive la,(vivo todos os dias com um indiano) que conheci dia 11/07 faremos 3 anos juntos,nunca estivemos perto um do outro fisicamente,mas todos os dias nòs encontramos na nete,estamos vivendo uma historia de amor,apremos muito um com o outro a cada dia,estamos separados pela distância,mas juntos no mesmo sentimento,temos planos para o encontro,e isso acontecera em breve (eu espero hhaha)e realmente como a Sarah disse eles veem o amor de forma diferente mesmo,eu entendo bem disso afinal ja são quase 3 anos com um indiano,bom eu gostei muito do seu blog,espero de agora em diante sempre falar e compartilhar experiencias...um grande beijo querido :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Venha sempre!!!! Eu amo a Índia e sonho em viajar pra lá um dia... Tomara que sua viagem seja logo... Aí você me conta, hehe... Bem vinda!!!

      Excluir