27 de fev de 2013

Martha Medeiros...

Olááá minha gente!!!! E eu, que achei que ia demorar para aparecer, já estoy de volta... Mas simplesmente precisava vir contar o que me aconteceu nesse último sábado... Sim, parem tudo e escutem, ou melhor leiam, hehehe, o que tenho a lhes dizer... 
Tcham tcham tcham tchaaaammmm...

Estava eu indo passear em Torres/RS no sábado de manhã para visitar minha cunhada Fá, quando ela me avisa, antes mesmo de eu chegar lá, que a Martha Medeiros ia estar na Super Livros recebendo o público e autografando seus livros... Senhorrrrr, quase morri e, prontamente, entendi que era essa minha missão para o dia: conhecer pessoalmente uma de nossas autoras favoritas... Digo "nossa" porque sei que muitos de vocês que visitam o ler e amar são fãs confessos dessa escritora maravilhosa... E falo em conhecer pessoalmente, em carne e osso, porque já tive a alegria de ter um e-mail respondido por ela (o qual postei aqui), e que de quebra indicava um dos romances que li e mais amei nessa minha vida, Casados com Paris...

Mas gente, agora falando sério, vocês foram um dos grandes motivos que me levaram até a Super Livros no sábado... Precisava ver, conhecer, falar com a Martha e dividir isso com vocês... Mesmo porque, as postagens que mencionam o nome dela são bem visitadas aqui no blog... Coisa que não esqueci de mencionar a ela, que foi muito querida... Aliás, linda e simpática ela também recebeu o marcador de páginas do blog com muito carinho e autografou um livro de crônicas que comprei ali na hora mesmo chamado Non- Stop... Fiquei muito feliz e estava louca para vir compartilhar essa felicidade com vocês... Um grande abraço meu povo!!!






Só consegui tirar essas duas fotos porque tinha uma fila para falar com ela...










14 comentários:

  1. Minha querida! que previlégio, só imagino a tua emoção...eu já ficaria à mil, pois adoro tudo o quela escreve e então me coloco no teu lugar...momento único com certeza! vocês ficaram lindas nas fotos e com certeza foi uma energia inesquecível! beijos e até mais...

    ResponderExcluir
  2. Nossa Aliny que "acaso" heim!
    Se bem que acasos não existem, sincronicidade.
    Eu adoraria encontra-la.
    GRande abraço
    Lella

    ResponderExcluir
  3. Gente de estilo é outraaaaa coisa hahahahaha!
    Invejinha branca e do bem é permitido?
    hahahahaha que tudo Ly, ficou lindo as fotos, e que momento especial, ela e você merecessem esse carinho!!
    adorei!!!
    Um beijoooooo

    ResponderExcluir
  4. Ai Aliny, que sortuda!

    Eu gosto muito dela também, já li quase tudo o que ela escreveu. Imagino a tua emoção...E agora você tem um livro autografado por ela!
    Li o post com o e-mail que ela te mandou, muito simpática, né?
    Você está linda na foto, parece uma menina...que sorriso encantador.
    Bjs e volte logo!

    ResponderExcluir
  5. Que chique, Aliny!!
    Eu também gosto da Martha, apesar de ter lido apenas dois livrinhos seu, e entendo muito bem esse negócio de ficar na fila pra pegar dedicatória, já fiz isso meses atrás pra pegar um autógrafo do escritor irlandês John Boyne no meu " O menino com o pijama de listras".
    Na próxima semana vai rolar por aqui uma Feira Literária, que vai trazer um mooonte de escritores de língua portuguesa, entre eles o angolano José Eduardo Agualusa e o português Valter Hugo Mãe... Já estou me preparando pra entrar na fila de novo... ehhehe
    Beijinhos

    PS:. Bom voltar a ler seus textos, siga escrevendo. ;)

    ResponderExcluir
  6. Nooossssaaa quase tive um treco quando comecei a ler!!!!Aliny que dia heim! foi algo inesperado e maravilhoso! As fotos estão lindas seu sorriso então... ai amiga fiquei feliz por vc e foi como um pedaço de nos estivéssemos lá com tb, adorei.

    ResponderExcluir
  7. Ly,
    Olha o livro da Marian eu achei triste sim, quer dizer no final pode ser que não seja tanto assim, mas se não quer ler algo no estilo, leia sim alguma outra coisa. Hahahaha!
    Alias os últimos dois da Marian senti muito falta daquele humor todo.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  8. Ahhhh não Ly, de chorar não. Mas é que trata de temas mais densos eu acho! E por isso mais tristes! Mas no final é bacana... é que, é um tema que eu não gosto muito (como se alguém gostasse de falar de temas pesados né rs). E eu acabei terminando a leitura com uma sensação ruim sabe, rs! Acho que não estava no momento.

    ResponderExcluir
  9. Chiqueeeeeeeeeeeee!!1 Saudades!
    O que ta lendo? Estou lendo um da Agatha (AMOOOOOOOOO), e depois tem mais uns 6 pra ler que ganhei de aniver!!!! Bjooo

    ResponderExcluir
  10. Hahahahaha,
    Ahhh não posso falar Ly, o que aconteceu com eles, hahahaha!
    Mas vamos sim trocando figurinhas,
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  11. Oie!!1 Post novo la no blog!!! Bjooo

    ResponderExcluir
  12. Oi Aliny!

    Fiquei feliz que tenha gostado da música! Achei que ela tem tudo a ver com a nossa busca...

    Sabe, quando comecei com o Mulheres em Círculo meu marido ia mais cedo comigo e me ajudava a arrumar tudo, e no final ia também para me ajudar com os materiais. Agora as coisas já estão mais azeitadas no grupo, as próprias participantes se oferecem para ajudar na arrumação.
    Mas no começo foi ele! A gente precisa dar valor, não é?
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Quanto à psicanálise...eu sou suspeita, né? Adoro clinicar!

    Sou junguiana, mas tenho formação em Psicanálise, conheço um pouco de Lacan e Winnicot também. Acho que todos têm sua contribuição para o campo do estudo da alma.

    No filme, os complexos do Freud ficam mais expostos, mas todos têm complexos não resolvidos...

    Todos nós aprendemos a cuidar dos outros cuidando das nossas próprias feridas. É o Arquétipo de Quíron, o curador ferido. Você conhece esse mito? É lindo!
    Bjs

    ResponderExcluir