12 de abr de 2013

Conselhos Amorosos de Emily Brontë

Simples e doce...
Fiona, nossa querida personagem principal, é uma heroína a sua maneira...
Pode não haver amores impossíveis na sua história, mas, assim como na época das Brontë, o romantismo continua atemporal e assume as mais diferentes formas na vida dessa menina de Glasgow, na Escócia (amo romances que se passam aqui)...
Ahhh, talvez a gente não encontre só flores durante a leitura, mas são as dificuldades, cotidianas e familiares, que tornam uma narrativa real... Aliás, mesmo com doses reais de problemas, Anne Donovan soube contar essa história com muita delicadeza...
Gente, em resumo, um excelente livro!!!! Amei!!! Fica a dica...
Um fim de semana doce e delicado, como os bons romances, a todos vocês!!!


3 comentários:

  1. Nossa Aliny, você leu rápido , hein...
    Fiquei curiosa, vou procurar.

    Estou lendo muita coisa de psicologia, psicanálise e etc...
    Estou lendo "A Arte Interior do Analista"do Prof. Walter Trinca. É lindo, ele compara os momentos de criação artística com os estados de alma do analista durante a sessão, cheio de casos clínicos e principalmente da experiência dele...Estou adorando.

    Logo vou ler um romance para postar lá no blog.
    Bjs e ótimo final de semana!

    P.S. Estou quase terminando de arrumar meu cantinho, é demorado porque só posso fazê-lo nos horários livres do trabalho.

    ResponderExcluir
  2. Oi Ly,
    Isso leia Miss Bronte, acho que vai gostar, eu o amo!! Já cheguei a reler!
    Um beijo querida e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  3. Aliny, fiquei sem pc, deu virus fatal, nunca tinha acontecido antes fiquei traumatizada pois a tela ficou azul, escrito em preto -stop fatal virus, um abacaxi viu...
    Já tinha ouvido falar desse livro , vou anotar na minha agenda pois adoro romances, "as coisas do cotidiano", e recomendação sua é garantia de um bom programa.
    Beijão amiga linda e uma bela semana para vc!

    ResponderExcluir