8 de dez de 2011

Os Delírios de Consumo de Becky Bloom

O primeiro livro da série Becky Bloom... O início de toda a sua história, de todas as suas trapalhadas, compulsões e contorcionismos financeiros com bancos e cartões de créditos... É também o início de uma história de amor, dela com Luke e nossa com ela porque, afinal de contas, ler Becky Bloom acaba se tornando um caso de amor (e vício) bem divertido, hehe... Aliás, apesar de em alguns momentos querermos pegá-la pelo braço e gritar “Helloooo minha filha, acorda e se orienta”, ainda assim jamais abandonamos a torcida por seu final feliz...
Divirtam-se meu povo!!!

Sinopse: Rebecca Bloom é uma jovem londrina com o péssimo hábito de consumismo compulsivo. Apesar de ser uma jornalista especializada em mercado financeiro, ela não consegue controlar suas finanças pessoais. Endividada até a alma, vive fugindo do seu gerente de banco e procurando fórmulas mirabolantes para pagar a fatura do cartão de crédito. E ainda encontra tempo para se apaixonar. Um romance bem divertido que faz um retrato de muitas mulheres das grandes cidades.
  
(capa da versão pocket)

Por sugestão de minha querida amiga Tharci, abaixo de cada texto haverá um pequeno trecho do livro (nesse serão dois porque fiquei indecisa, hehe), para estimular a leitura né?? Aí vai:

“...Quer saber meu sonho secreto? Ele se baseia numa história que li uma vez no jornal a respeito de uma confusão ocorrida num banco. Gostei tanto que recortei e fixei na porta do armário. Duas faturas de cartão de crédito foram enviadas para pessoas erradas e – imagine só – ambas pagaram a conta errada sem perceber. Elas pagaram as faturas uma da outra sem sequer examiná-las.
Desde que li aquela história, tenho um sonho secreto: que o mesmo acontecerá comigo. Alguma velhinha caduca na Cornualha vai receber minha fatura colossal e pagá-la antes mesmo de olhar para ela. E eu receberei sua conta de três latas de comida de gato, a 59 centavos cada uma. Que, naturalmente, pagarei sem questionar. Justiça é justiça, afinal...”

“...Frugalidade. Simplicidade. Esses são meus novos lemas. Uma nova vida, sem confusão e desordem, meio zen, em que eu não gaste nada. Quero dizer, quando se pensa nisso, quanto dinheiro desperdiçamos por dia? Não é para menos que estou com algumas dívidas. E, realmente, não é culpa minha. Eu só estava sucumbindo à draga ocidental do materialismo – e é preciso ter a força de um elefante para resistir. Pelo menos é o que diz o livro que comprei...”

6 comentários:

  1. Aliny, depois que vc falou da Sophie Kinsella aqui no blog eu fiquei curiosa...acabei comprando Lembra de mim? pra começar,por não ser uma série....rsrsr
    Ah! ontem comprei tb o livro A montanha e o Rio que vc tb falou aqui e fiquei doida pra ler.
    Preciso parar de ler o seu blog...senão terei dívidas como as da Becky Bloom.....rsrsrsr
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Lora, aquisições excelentes!!! Ai ai, queria poder comprar livros e mais livros, mas sem dívidas, hehehehe...

    ResponderExcluir
  3. Pois é, Aliny...tenho que tomar cuidado pra não me endividar com livros.....rsrsr
    Quanto ao desafio....topei fazer o texto mas confesso que ainda to meio sem saber o que escrever...vou esperar uma luz inspirada até amanhã....rsrs
    Minha cidade é Guapimirim sim.
    Beijos!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Aliny, cheguei aqui a partir do blog da Juliana. Mais alguém que ama livros. Que bom te conhecer!

    www.arteamiga.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Estou indo conhecer teu blog Jô, eu tava sem internet... Obrigada pela visita!!! Beijãoooo

    ResponderExcluir
  6. Jô, meu computador está com vírus e não abre algumas páginas, o wordpress é uma delas, sniffff... Estou tentando resolver isso!!!! Beijãooo
    obs: estou louca para conhecer teu blog!!!

    ResponderExcluir