11 de out de 2011

A Massai Branca

Oláááá pessoal!!!! Bom, continuo lendo O Menino do Pijama Listrado, quando terminar virei aqui rapidinho contar, podem deixar...
Enquanto isso... Vou confessar uma coisa a vocês...
Olha minha gente, escrever sobre livros e alimentar um blog diariamente ou freqüentemente nem sempre é fácil... Às vezes me falta inspiração, às vezes não estou a fim de falar sobre um determinado romance em que havia pensado e me programado, às vezes também estou tão envolvida em uma história que estou lendo que é complicado pensar em outra, enfim, várias coisitas... Contudo, nada disso é capaz de tirar minha vontade de escrever, de pensar, de buscar e de ler...
Como para essa pessoa que vos fala o blog ler e amar é um espaço de diversão e lazer e escrever aqui é algo que eu adoro, estou indo sempre em busca de novas idéias, seja em minha querida e capenga memória, seja nas anotações que fiz nas páginas de rosto dos livros ou mesmo na lista de obras lidas que costumo enumerar na minha agenda e aqui no blog (ícone livros que li), seja também pedindo a opinião de amigos e pessoas que como eu adoram ler... Quero sempre escrever sobre algo que possa entreter e cativar os leitores, algo sobre o qual li e gostei e que ao mesmo tempo represente bem o que eu sou e o que penso... Difícil mesmo né??? hehe...
Pois sendo assim, hoje quero falar sobre o livro A Massai Branca. A idéia de falar sobre essa obra apareceu ontem mesmo, à noite, enquanto entrava em uma livraria do shopping e me deparava com um exemplar dela, aí pensei: “Huuummm, ainda não falei sobre esse livro...”

A Massai Branca é uma história real, vivida pela própria autora Corinne Hofmann,  e contada de forma romanciada (o que prendeu muito mais minha atenção)... Confesso que peguei este livro emprestado com alguém (acho que foi com o seu Atair que adora uma biografia e histórias reais, acho que são dele todas as obras que li nesse estilo) porque não tinha nada pra ler, mas acabei me surpreendendo...
A narrativa conta de forma clara, envolvente e detalhada a história de amor que fez Corinne, uma empresária suíça, se mudar de mala e cuia para a África para viver ao lado de um guerreiro da tribo massai... Uma história de amor que vai muito além da paixão... Uma história cheia de aventuras, diferenças, choque cultural, Tolerância, coragem e realidade... Este livro, inclusive, já virou filme, mas não assisti, aliás, descobri isso só hoje, hehe... Mas como vocês sabem, eu costumo ficar com os livros mesmos, já que eles me encantam sempre muito mais, assim como esse de que vos falei...


4 comentários:

  1. Oi, Aliny
    Já vi esse filme várias vezes na locadora e sabia que era inspirado em um livro; deve ser uma história muito bonita! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post de hoje! É a sua cara!
    Beijos, Taty

    ResponderExcluir
  3. Lia, o livro é cheio de detalhes... É uma história de coragem e amor muito bonita mesmo!!!

    ResponderExcluir