22 de jul de 2011

Martha Medeiros

Jornalista e escritora. Gaúcha, de Porto Alegre, escreve para o Jornal Zero Hora, do Rio Grande do Sul e O Globo, do Rio de Janeiro. Quem ainda não ouviu falar dela, com certeza já deve ter visto o filme ou algum episódio do seriado Divã, baseado no livro de mesmo nome escrito por ela. Além de Divã, Martha escreveu outros vários livros: De Cara Lavada, Trem Bala, Coisas da Vida, Fora de Mim, Doidas e Santas, Feliz por Nada, entre outros. Ela escreve poesias, romances, crônicas... Eu gosto especialmente dos livros de crônicas, que geralmente são uma coletânea das melhores que ela já escreveu em suas colunas nos jornais. Essas crônicas falam de amor, felicidade, mulheres, saudade, amigos, sofrimentos, trabalho... Temas que fazem parte da vida e são apresentados por ela de uma maneira realista, sem rodeios, simples e muitas vezes engraçada. Sempre há algum texto com o qual a gente se identifica. Hoje, ao invés de falar sobre um livro em especial, vou colocar aqui no blog um texto da Martha Medeiros. Espero que vocês gostem... Esse texto é para todos os mulherões que conheço, e olha que são muitas... BOA SEXTA-FEIRA MEU POVO!!!


O MULHERÃO


Peça para um homem descrever um mulherão. Ele imediatamente vai falar do tamanho dos seios, na medida da cintura, no volume dos lábios, nas pernas, bumbum e cor dos olhos. Ou vai dizer que mulherão tem que ser loira, 1.80m, siliconada, sorriso colgate. Mulherões, dentro deste conceito, não existem muitas: Vera Fischer, Leticia Spiller, Malu Mader, Adriane Galisteu, Lumas e Brunas. Agora pergunte para uma mulher o que ela considera um mulherão e você vai descobrir que tem uma a cada esquina.
Mulherão é aquela que pega dois ônibus por dia para ir ao trabalho e mais dois para voltar, e quando chega em casa encontra um tanque lotado de roupa e uma família morta de fome.
Mulherão é aquela que vai de madrugada para a fila garantir matrícula na escola e aquela aposentada que passa horas em pé na fila do banco para buscar uma pensão de 100 Reais.
Mulherão é a empresária que administra dezenas de funcionários de segunda a sexta, e uma família todos os dias da semana.
Mulherão é quem volta do supermercado segurando várias sacolas depois de ter pesquisado preços e feito malabarismo com o orçamento.
Mulherão é aquela que se depila, que passa cremes, que se maquia, que faz dieta, que malha, que usa salto alto, meia-calça, ajeita o cabelo e se perfuma, mesmo sem nenhum convite para ser capa de revista.
Mulherão é quem leva os filhos na escola, busca os filhos na escola, leva os filhos para a natação, busca os filhos na natação, leva os filhos para a cama, conta histórias, dá um beijo e apaga a luz.
Mulherão é aquela mãe de adolescente que não dorme enquanto ele não chega, e que de manhã bem cedo já está de pé, esquentando o leite.
Mulherão é quem leciona em troca de um salário mínimo, é quem faz serviços voluntários, é quem colhe uva, é quem opera pacientes, é quem lava roupa pra fora, é quem bota a mesa, cozinha o feijão e à tarde trabalha atrás de um balcão.
Mulherão é quem cria filhos sozinha, quem dá expediente de oito horas e enfrenta menopausa, TPM, menstruação.
Mulherão é quem arruma os armários, coloca flores nos vasos, fecha a cortina para o sol não desbotar os móveis, mantém a geladeira cheia e os cinzeiros vazios.
Mulherão é quem sabe onde cada coisa está, o que cada filho sente e qual o melhor remédio pra azia.


LUMAS, BRUNAS, CARLAS, LUANAS E SHEILAS: Mulheres nota dez no quesito lindas de morrer, mas MULHERÃO É QUEM MATA UM LEÃO POR DIA.




4 comentários:

  1. Tenho que conhecer né, tu fala tããão bem :D

    ResponderExcluir
  2. Este texto realmente e' lindo e emocionante!
    Amo a MM!!!

    Tem sorteio da Antique no blog http://www.blogmundoparalelo.com/2011/07/sorteio-antique-et-romantique.html

    Bem mulherzinha o kit da Victoria's Secret! Vais amar!!!!

    BJSSS

    ResponderExcluir
  3. Adoreii, teu blog está show!!!!!! beijocas amigaaaaa

    ResponderExcluir
  4. Obrigada a todas vocês minhas amigas maravilhosas!!!

    ResponderExcluir